Saúde

Casos de sarampo são confirmados na região

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Na tarde desta terça-feira (5), foi confirmado os dois primeiros casos de sarampo na região neste ano, sendo um em Jaraguá do Sul e um em Guaramirim. 

Ao total, são 20 casos suspeitos da doença – sendo oito em Guaramirim e 12 em Jaraguá do Sul. Conforme a secretaria de Saúde de Jaraguá, dos casos suspeitos, sete foram descartados, quatro aguardam resultado do exame e um foi confirmado através do exame laboratorial realizado pelo Lacen/SC.

A Vigilância Epidemiológica Municipal em conjunto com a Vigilância do Estado, está realizando as ações de investigação e bloqueio dos demais casos notificados relacionados ao evento que aconteceu no dia 18 de outubro, em Joinville.

Já no caso de Guaramirim, conforme o secretário de Saúde, Marcelo Deretti, trata-se de um morador de Schroeder, mas que recebeu atendimento no hospital Santo Antônio, administrado pelo Instituto Santé. 

Todas as medidas estão sendo tomadas para que outras pessoas não sejam infectadas. Estamos realizando o bloqueio dos pacientes que tiveram contato com a pessoa contaminada. Vamos procurar estas pessoas para saber se receberam a dose da vacina e, caso não tenham sido imunizadas, que procurem as unidades de saúde para fazer vacina”.

Nesta terça-feira (5), iniciou a Campanha de Vacinação contra o Sarampo em Guaramirim, para jovens de 19 a 29 anos. As crianças que ainda não foram vacinadas podem receber a imunização procurando uma unidade de saúde no município. 

Em Santa Catarina, a 2ª fase da Campanha, será entre os dias 18 e 30 de novembro e atenderá jovens de 20 a 29 anos. Deretti lembra, que no dia 30 de novembro, haverá o Dia D de vacinação em Guaramirim, onde todas as unidades de saúde estarão abertas das 8 às 16 horas. 

Dados o Ministério da Saúde, mostram que nos últimos 90 dias, foram confirmadas 14 mortes da doença, sendo sete em menores de cinco anos de idade, três mortes na faixa etária dos 20 a 29 anos e quatro em adultos com mais de 40 anos. 

Sarampo 

O sarampo é uma doença respiratória, exantemática aguda e extremamente contagiosa, que pode evoluir com gravidade e causar com complicações como pneumonia e encefalite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar. O contágio tem sido descrito por dispersão de aerossóis com partículas virais no ar, em ambientes fechados, como escolas, creches e clínicas.

O sarampo é transmitido seis dias antes e quatro dias após o aparecimento do exantema (manchas vermelhas), sendo o período de maior risco dois dias antes e dois dias após o início do exantema. No Brasil, o sarampo é uma doença de notificação compulsória devendo estas serem notificadas às secretarias de saúde em até 24 horas.


Quer saber das notícias de Guaramirim e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Camila Silveira Rosa

Jornalista e marketeira, apaixonada por boas histórias, cultura e curiosa por natureza

Comentários estão fechados.