Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

Data:06/09/2021  Postado por: Redação

Morte de Vilmar Strelow pode ter sido acidental, aponta Polícia Civil

A Polícia Civil instaurou inquérito nesta segunda-feira (6) para apurar as circunstâncias da morte de Vilmar Strelow, de 50 anos. O corpo dele foi localizado no sábado (4), na região da Estação Ecológica do Bracinho, em Schroeder. 

De acordo com o responsável pela Delegacia de Polícia Civil de Schroeder, Marco Williams, inicialmente o caso foi tratado como suicídio. Uma espingarda calibre 20 foi encontrada perto do corpo da vítima.

“Mas eu acredito que a gente está tendendo para uma morte acidental”, aponta.

A polícia ouviu três testemunhas que, segundo Williams, são pessoas próximas da vítima e que estavam relacionadas às buscas.

“A gente ainda não teve o resultado da perícia, os peritos ainda estão trabalhando, o que a gente pode adiantar é que está mais para a opção de morte acidental, do que qualquer outra coisa”, ressalta.

Após três dias de buscas na mata, o corpo de Strelow  foi localizado de bruços, em uma árvore, a cerca de 200 metros de distância do acampamento onde a vítima estava. 

Uma pessoa que conhecia o local encontrou a vítima e chamou uma equipe dos bombeiros por volta das 9h45. A vítima estava desaparecida desde a tarde de terça-feira (31).

Desaparecimento

A esposa de Vilmar contou à Schroeder FM que o marido saiu na segunda-feira (30), com um amigo, para o local.

“Ele queria voltar na segunda à noite mesmo, mas, por motivos de chuva, ficaram lá pra cima, pra não descer no escuro. O amigo disse que eles se desencontraram, que ele se perdeu, mas que achou que meu marido retornaria sozinho”, disse Rosângela.

Vilmar não usava celular e vestia uma calça jeans e blusa camuflada.

Desde a última quinta-feira (2), equipes da Corporação de Bombeiros Voluntários e Defesa Civil de Schroeder, Bombeiros Militares de Santa Catarina, Grupo Gerar e amigos do homem desaparecido estavam envolvidos nas buscas.

Um cão farejador, dos Bombeiros Militares, e o helicóptero Águia, da Polícia Militar, apoiaram o trabalho durante a semana.

No sábado, os Bombeiros Voluntários de São João do Itaperiú, com uso de drone, e os Bombeiros de Massaranduba também reforçaram as buscas.

Vili, como era conhecido, estava atuando como pedreiro em uma propriedade em Urubici e tinha retornado para Schroeder na última semana.

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.