Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

Data:04/01/2022  Postado por: Redação

Balneário Camboriú tem média de 20 crianças perdidas na praia por dia

Uma média de 20 crianças se perdem dos pais ou responsáveis por dia na praia em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, no verão, conforme o Corpo de Bombeiros Militar. Com o alargamento da faixa de areia da Praia Central, que passou de uma média de 25 para 70 metros de largura, pais afirmam que estão ainda mais atentos.

"Tem que ficar bastante atenta, principalmente em praia maior assim. Eles estão ali brincando, distraídos. Quando eles olham, não acham mais onde a gente está. Então a gente tem que ficar sempre de olho mesmo", afirmou a médica-veterinária Luana Fassina.

Números

Criança perdida na praia já era comum antes do alargamento da praia. Em 2019, antes da pandemia, 3 mil crianças se perderam dos pais ou responsáveis nas praias de Santa Catarina.

Quase metade dos casos foi em Balneário Camboriú e Itapema, no Litoral Norte. Os dados são do Corpo de Bombeiros Militar. Em 2020, com menos circulação de pessoas, o número diminuiu, mas ainda assim foi alto: mais de 2,2 mil casos.

Em relação a esta temporada, o dado mais recente dos bombeiros é da semana entre 18 e 26 de dezembro, quando 149 crianças se perderam nas praias catarinenses.

Pulseiras

Todos os postos de guarda-vidas do estado têm pulseiras disponíveis para colocar nas crianças.

"É importante informar que a pulserinha de identificação não é uma garantia de que a criança não vai se perder. E sim uma ferramenta para localizar os pais. Quando a gente encontra uma criança perdida, a nossa orientação é levar até um posto de guarda-vidas até que os pais venham ao posto procurar", afirmou Marcus Vinícius Abre, capitão dos bombeiros.

A farmacêutica Lídia Freita vai para a praia preparada para cuidar da filha. "Com ela, é só ela que curte mais. Tem que ficar de olho, não tem jeito", afirmou.

A empresária Daniela Tarnowski tem algumas estratégias para facilitar os cuidados na praia. "A gente procura sentar com a sombrinha mais perto do mar e colocar uma blusa de proteção solar mais chamativa", contou.

G1

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.