Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

Episódio aconteceu na última sexta (25). Foto: Divulgação/BVS

Data:03/03/2022  Postado por: Redação

Aluna que teve surto em escola de Schroeder está afastada e passa por tratamento

A direção da Escola Estadual Luiz Delfino colocou a aluna de 16 anos que teve um surto e promoveu ameaças e depredação escolar em afastamento por 3 dias, enquanto outras providências estão sendo tomadas.

O caso foi registrado na sexta-feira (25), quando a estudante chegou à unidade escolar fumando e, após ser orientada a não fumar, passou a ameaçar os demais com uma faca de cozinha, além de quebrar uma porta e jogar tinta no piso.

A Polícia Militar, a Corporação de Bombeiros Voluntários, o Samu, a Polícia Civil e o Conselho Tutelar foram chamados. A adolescente foi contida e encaminhada à Unidade de Pronto-atendimento de Schroeder.

Na manhã desta quarta-feira (2), a direção escolar se reuniu com a Secretaria Municipal da Saúde, Conselho Tutelar, Centro de Referência de Assistência Social (Creas) e com a Gerência de Educação para tratar do assunto. Há toda uma rede de apoio em atendimento ao caso.
 

“Faremos mais uma reunião com o Conselho Deliberativo da escola e com a mãe da aluna. Nós vamos indicar a troca de ambiente escolar”, diz a diretora da Luiz Delfino, Márcia Kohts Hildebrandt.


Ela acredita que o ambiente da educação de jovens e adultos seja mais adequado à estudante do 9º ano, que em breve completará 17 anos de idade.
 

“Ela está passando por um problema de saúde, um problema psicológico, e nós entendemos isso. A intenção é preservar a todos: alunos, professores e ela. Esse foi um fato isolado e que poderia ter acontecido em qualquer escola”, aponta Márcia.


Na tarde desta quarta, foi realizado um encontro com os pais e responsáveis, com o intuito de esclarecer a situação.

“Aproveitamos para alertar à comunidade de que a segurança não se faz só com a escola e a polícia, mas com o apoio de todos. A presença dos pais ajuda muito nesse sentido”, opina.

REDE DE APOIO

O Conselho Tutelar de Schroeder relatou que a família está inserida e em acompanhamento nos serviços da Rede Municipal de Atendimento.
 

“Neste momento, a adolescente está sob os cuidados dos serviços de saúde”, diz a nota.


A Secretaria de Saúde de Schroeder informou que a estudante está hospitalizada em Jaraguá do Sul, recebendo os cuidados médicos necessários.
 

“Ela já estava sendo assistida aqui pela Secretaria, passou pelo psiquiatra e, também, estava recebendo atendimento psicológico na unidade de saúde de onde ela reside”, relata a secretária de Saúde, Ingrit Eli Roweder.


RESPONSABILIZAÇÃO

Escola foi depredada pela estudante, que proferia ameaças com uma faca de cozinha. Foto: Redes Sociais


A aluna deverá responder por dano ao patrimônio público e ameaça.

De acordo com o escrivão responsável pela Delegacia de Polícia de Schroeder, Marco Willians Rosa da Silva, a Polícia Militar registrou Boletim de Ocorrência e o caso, agora, vai tramitar na delegacia.
 

“A gente vai apurar um processo por dano ao patrimônio público e ameaça”, aponta. 

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.