Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

Data:12/09/2022  Postado por: Redação

Cadastrados no Auxílio Brasil vão passar por revisão, diz ministro da Cidadania

Em entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, neste domingo (11), o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento disse que vai fazer uma revisão do cadastro do Auxílio Brasil. Bento explicou que o objetivo da decisão é cumprir os requisitos do programa e evitar o pagamento às famílias que tenham renda superior ao limite estabelecido.

A fiscalização do Auxílio Brasil envolve uma série de órgãos como Tribunal de Contas da União, Controladoria-Geral da União e Polícia Federal. Já o cruzamento de informações é no Cadúnico (Cadastro Único), banco de dados que é uma porta de entrada para os programas sociais.

“Estamos com uma política muito forte nesse batimento de dados, nesse cruzamento de dados para fazer com que o recurso realmente chegue nessas famílias que necessitam”, afirmou o ministro da Cidadania.

Bento explicou que o principal objetivo do programa é trazer oportunidades para as famílias, para assim elas gerarem sua própria renda.

Ele ainda concluiu, que, atualmente, todas as famílias na pobreza e na extrema pobreza estão recebendo o benefício, e explicou que as que ainda não recebem devem se dirigir a um Centro de Referência em Assistência Social, nos municípios, para serem inscritas no CadÚnico.

R$ 600 desde agosto

Com o valor de R$ 600, o pagamento do programa iniciou em agosto para as famílias com o perfil de vulnerabilidade previstos. Além do Auxílio, essas famílias também tiveram acesso ao Vale Gás de R$ 110.

Ambos os valores são resultados de Emenda Constitucional, promulgada pelo Congresso Nacional, que ampliou o volume de benefícios destinados à população de baixa renda no país.

ND

 

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.