Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

(Foto: Divulgação/PMJS)

Data:19/11/2020  Postado por: Camila Silveira Rosa

Fujama de Jaraguá do Sul vai enviar três cobras corais e 14 ovos para o Instituto Butantan

A Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama) de Jaraguá do Sul, irá enviar três cobras corais e 14 ovos para o Instituto Butatan, de São Paulo. Conforme o biólogo da entidade, Christian Lempek, o fenômeno é raro, pois as condições de umidade e temperatura oferecidas pelo cativeiro não são as ideais para a procriação.

“Normalmente, na natureza, as cobras colocam ovos em buracos, formigueiros, restos de tronco de árvore, locais mais úmidos e frios. Ficamos surpresos ao ver os ovos dentro do aquário”, relata o biólogo. 

Agora os ovos serão deslocados para uma caixa escura e nas condições ideais de que necessitam, conforme orientação do Instituto Butantan. O instituto, já havia entrado em contato com a Fujama para que a fundação enviasse as cobras corais verdadeiras para São Paulo. Agora, além das três corais verdadeiras, irão também 14 possíveis filhotes, que serão cuidados e estudados pelo instituto e também servirão para a produção de soro antiofídico.

Lempek explica que o envio acontecerá provavelmente na semana que vem, pois há várias etapas a cumprir quando se transporta animais como esses.

“É necessário atestado de saúde emitido por médico veterinário, o transporte precisa seguir padrões rígidos e precisamos nos deslocar até o aeroporto de Joinville, de onde partirão as cobras. Faremos tudo isso pela ciência e para auxiliar o instituto na produção de soros”, explica o biólogo. 

Reprodução das cobras, ovos x filhotes

A reprodução das cobras é sexuada, ou seja, é necessário um macho e uma fêmea para que haja a fecundação. Normalmente, na natureza, as cobras adultas se reproduzem uma vez por ano. Cobras como a coral e a dormideira procriam por meio de ovos. Eles ficam em incubação por cerca de dois meses. Só então os filhotes nascem. Já as serpentes como jiboia e jararaca dão à luz diretamente os filhotinhos, que já saem se arrastando, prontos para viver solitariamente.


Quer saber das notícias de Guaramirim e Região primeiro?CLIQUE AQUIe participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.