Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário
Quem Somos Contato
Geral
Saúde
Educação
Esporte
Segurança
Política
Economia
Entretenimento
Colunistas
Obituário

Data:10/07/2021  Postado por: Redação

Bebê que pode ter ingerido drogas em motel em Jaraguá continua internado

O caso das duas crianças encontradas com um casal em um motel de Jaraguá do Sul, chocou o Estado. A mãe disse que uma delas poderia ter ingerido drogas. Já o homem, namorado dela, afirmou à polícia que o casal teria transado na frente das crianças.

A situação foi flagrada pela Polícia Militar na madrugada de quinta-feira (8). No local, o homem de 22 anos desobedeceu os policiais, que tiveram que arrombar a porta do quarto. No cômodo, havia sangue na cama e em toalhas, além de maconha e resquícios de cocaína.

Os bombeiros também foram chamados para atender uma das crianças, de 1 ano e 11 meses, que foi levada ao hospital. O casal foi preso em flagrante.

Bebê continua internado e casal pode ser preso preventivamente

O delegado Leandro Lopes de Almeida conta que o casal estava hospedado no motel há cerca de dois dias e que, em depoimento à Polícia Civil, negou ter tido relações sexuais na frente das crianças.

“A mãe disse que haviam consumido cocaína e que pode ter acontecido de a criança ter ingerido algum resquício. Já o homem nega”, diz o delegado. O bebê foi levado ao hospital com sintomas parecidos com os de um ataque epiléptico, o que pode ter ocorrido por causa da ingestão de droga.

Os dois foram presos em flagrante e o delegado já pediu a prisão preventiva à Justiça. Ele explica que a prisão preventiva foi solicitada, principalmente, pelo risco que as crianças correm sob a custódia do casal.

“Existem elementos para enquadrá-los em dois crimes no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente): exposição das crianças a constrangimento e fornecimento de substância análoga à droga ou a álcool. Além de abandono de incapaz e consumo de droga”, explica Leandro. O homem também pode responder por desobediência.

Segundo o Conselho Tutelar de Jaraguá do Sul, o bebê continua internado em observação. Já a criança mais velha, de 4 anos, está com familiares. O caso ficará sob a responsabilidade da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso).

ND +

PUBLICIDADE

booked.net




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE




Copyright 2020 - Todos os direitos reservados a Guaramirim News.