Entretenimento

“Se a felicidade não está dentro, ela não estará em lugar nenhum”, diz Thiago Rodrigo em evento Gente que Ama Gente

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Até parecia um stand-up como daqueles que os palcos da Sociedade Cultura Artística (Scar), de Jaraguá do Sul, conhece muito bem, mas apesar das gargalhadas em diversos momentos, houve também muita emoção.

Cerca de 800 pessoas compareceram no local para ouvir o teólogo, sociólogo, filósofo, palestrante, escritor e youtuber, Thiago Rodrigo falar sobre felicidade. E felicidade, segundo ele, é aquilo que te fim nela mesma, pois a partir do momento que eu tenho aquilo que queria, já não estou mais feliz. Mas como se manter feliz nessa montanha russa de sobe e desce? Com afeto.

Ao subir no palco, ele pediu aos presentes para se levantar das poltronas vermelhas e acolchoadas e abraçarem cinco pessoas. Enquanto isso, uma música animada de fundo, fazia a trilha sonora do momento.

Durante a palestra que durou cerca de uma hora e meia, Thiago falou sobre suas experiências pessoas e citou os filósofos Baruch Espinoza, Aristóteles, e os autores brasileiros Guimarães Rosa e Rubem Alves, para inspirar o público ensinando que felicidade não pode ser comprada, pois ela é algo que está dentro de cada um de nós.

Se a felicidade não está dentro, ela não estará em lugar nenhum. Então não adianta eu trocar de empresa porque em X lugar vou ser feliz, se eu não estou feliz comigo”, diz.

Entre uma pausa e outra de sua fala, o público ria e se emocionava, inclusive, ele próprio se emocionou ao falar da melhor amiga. Um dia, Thiago estava em uma apresentação para um cliente importante e a melhor amiga ligou pra ele diversas vezes, mas ele recusava a ligação. Assim que terminou, retornou e descobriu que ela não estava mais viva.

Por um período de sua vida, inclusive enquanto palestrava pelo Brasil com a palestra justamente sobre felicidade, ele se sentia o homem mais infeliz do mundo. “A minha essência é ajudar as pessoas e eu não consegui ajudar minha melhor amiga”, diz ele enquanto uma música instrumental toca no fundo. Mas Thiago encontrou forças e deu a volta por cima.

Olho no olho

Segundo o teólogo, as pessoas não olham mais nos olhos para falar e não perguntam mais “você está bem?” com a intenção de saber verdadeiramente a resposta.

Precisamos de pessoas que amem. E amar é se importar com o outro independente de quem ele se tornou, de quem ele é, de quanto tempo está na empresa ou de um PIN. Precisamos de gente que ame gente”, salienta.

“Varra com paixão”

Thiago começou a trabalhar com o pai aos 13 anos. Um dia, segundo o youtuber, o pai entrou na empresa que ele montou para o filho de marcenaria e disse “varra com paixão”.

Como meu pai viu que eu não estava entendendo ele disse que a expressão não era literal e o que ele queria dizer era: faça o que for fazer com paixão para que outra pessoa não queria se meter, pois sabe que você exerce aquela função muito bem”, destaca.

Dessa forma, Thiago diz que a felicidade é um processo diário, onde cada um escolhe o passo que quer dar.

Redes sociais e felicidade

Ultimamente estamos tão conectados com as redes sociais que esquecemos de viver o instante decisivo, de HnBresson. Por isso, Thiago diz que é necessário dosar a tecnologia para ser feliz.

A geração de hoje vive com o celular na mão. Não tem como pedir para tirar o celular, mas é preciso dosar. As pessoas estão tão preocupados com a foto que param de curtir o prato. Estão mais preocupados em marcar quem está na foto do que curtir a festa. Por um lado é bom, porque a gente acelerou o que a gente fala e o que a gente faz, e a gente gosta de mostrar o que faz e não tem problema nenhum nisso. Mas quando eu deixo de viver só pra mostrar eu sou uma farsa e vou falir enquanto empresa pessoa”, afirma.

A palestra aconteceu no último dia 20 de fevereiro e foi promovida pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) Jaraguá do Sul. O evento abriu os eventos deste ano da associação.

Essa noite foi um momento de inspiração em que convidamos as pessoas para acompanharem com a gente a programação de 2020, e felicidade tem tudo a ver com o tema que propusemos para o ano, que é Gente Que Ama Gente”, afirmou Juliana Rodermel Joaquim, presidente da ABRH-Jaraguá do Sul.


Quer saber das notícias de Guaramirim e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Camila Silveira Rosa

Jornalista e marketeira, apaixonada por boas histórias, cultura e curiosa por natureza

Comentários estão fechados.